Catarinense de Asa 2012 - 1ª Etapa Tangará



Começou em grande estilo e com excelentes provas o Campeonato Catarinense de Asa Delta.

Realizada na cidade de Tangará, a 350 kms de Florianópolis, a 1ª Etapa do CCAD 2012 aconteceu dias 17 e 18 de março e contou com a participação de 23 pilotos de diferentes regiões do Estado, e também do Paraná.

Sob organização da Primeiros Voos Escola de Asa Delta, com apoio do Clube de Voo Livre Tangará e da Prefeitura Municipal, com supervisão da Federação Catarinense, o primeiro encontro do ano foi um grande sucesso e mostrou que o nível técnico da competição cresce a cada etapa no Estado.

Mesmo sendo um local distante para a maioria dos competidores, Tangará é um dos sítios de voo mais procurados pelos pilotos catarinenses para os voos de longas distâncias, chamados Cross Country. Isso, somado às boas previsões climáticas para o período da competição foi suficiente para que a rampa de decolagem, localizada no Morro Agudo, a poucos quilômetros do centro da cidade, ficasse tomada de asas. O céu ganhou um novo colorido.

Sábado, primeiro dia da competição. Definida uma prova de 48 kms, com raio de largada a 5 kms da decolagem e chegada na cidade de Zortéia.

O australiano David Seib, que passa uns dias por aqui, aproveitou para prestigiar o evento. Foi o primeiro a decolar para a prova, voou toda região mas acabou pousando sem encontrar uma térmica sequer para levá-lo ao alto.

Em Tangará a saída nunca é fácil, costuma-se dizer que lá ou é 8 ou 80. Tingão partiu para o voo, batalhou e nada encontrou, mais um pouso prematuro esfriando os ânimos da galera.

Pronto para decolar Robozinho acompanhou o voo dos dois e percebeu o tamanho da dificuldade. Sem pressão para sustentar no lift dos morros não resta muita opção, ou decola com olhos de águia ou o pouso será rápido e certo.

Robozinho ficou com a primeira opção, muito concentrado avistou longe um urubu enroscando na ascendente, com uma boa corrida já estava no ar e acelerou sua asa direto para birutar a térmica que permitiu que ele, Renatinho, Robert, Teteu e Kvalo subissem com altura suficiente para partir para a prova.

O mais difícil tinha sido superado - sair do vale de Tangará. Dali para a frente a disputa ficou entre Robert e Robozinho que chegaram ao gol com menos de dois minutos de diferença. Renatinho teve um pouco mais de dificuldade mas também conseguiu concluir o percurso do dia. Kvalinho ficou pelo meio do caminho.

Os demais pilotos que decolaram, apesar de muito insistir, também pousaram no vale de Tangará, muitos outros acabaram optando por não decolar.

Confira no link ao lado os resultados do dia: PROVA 01.

Domingo, segundo dia da competição. Definida uma prova de 84 kms, com raio de largada a 3 kms da decolagem, pilões no Trevo do Lago, Celso Ramos e chegada voltando ao Trevo do Lago, numa perna de 20 kms de contra-vento.

Dia com boas formações e mais pressão de vento na decolagem, todos prontos e acreditando num dia mais promissor.

A velha situação se repete e a saída do vale é muito trabalhosa, muitos pilotos acabam pousando logo, outros se sustentam no lift até encontrarem a ascendente necessária a colocá-los na prova.

O australiano parte no primeiro start e lidera a prova do início ao fim, com Robert e Kvalo tentando tirar a diferença, Maninho (Eu), Robozinho e Ivo vêm logo atrás.

Saí pre maturamente de uma boa termal logo após o primeiro pilão e acabei pousando no quilômetro 46, a 10 do 2º pilão em Celso Ramos. Aí só restou desmontar minha asa de cabeça feita e ver Robozinho e Ivo passarem alto para bater o segundo pilão e retornarem no contra-vento em direção à chegada.

David Seib foi o grande vencedor do dia, com Robert Etzold em sua cola, ambos tendo completado todo o percurso da prova. Kvalo e Robozinho ficaram a menos de 4 kms da chegada e Ivo um pouco mais atrás.

Confira no link ao lado os resultados do dia: PROVA 02.

Detalhes do voo do Robert.
Detalhes do voo do Kvalinho.
Detalhes do voo do Maninho.
Detalhes do voo do Robô.
Detalhes do voo do Ivo.


Começando 2012 com o pé direito o piloto Robert Etzold levou para casa o troféu de Campeão da Etapa. Marco Melegari (Robozinho) ficou em segundo lugar, David Seib em terceiro, Dálvio Tubino (Kvalo) em quarto e Ivo Isensee em quinto.

Na Categoria Ascendente destaque para o piloto de Itajaí James Martins que faturou o troféu de campeão, com Matheus José (Teteu) em segundo e Robson Ricardo em terceiro.

Ao final foi um grande evento, muitos pilotos, amigos e seus familiares curtiram dois dias especiais em Tangará. 

Ainda no sábado à noite, na pousada Moinho Velho, foi realizada a premiação dos Campeões Estaduais de 2011 com um belo churrasco de confraternização sob os cuidados do Wandeco. Houve também a passagem do troféu de distância da rampa de Santo Amaro da Imperatriz das mãos do Renatinho para as mãos do Zé Maria.

A próxima etapa acontecerá em Santo Amaro da Imperatriz dias 28 e 29 de abril, a disputa está só começando. Aguardamos todos por lá...

Resultados da Etapa:

O P E N    -   E L I T E    -    A S C E N D E N T E


Fotos by Amilcar Testoni












































3 comentários:

Asa Delta Capixaba disse...

Oi Maninho,
Cara... não consigo nem expressar a saudade que senti agora. Que coisa linda de se ver! Grande abraço!
Henrique

Victor disse...

Parabéns Maninho!
Valeu mesmo, por toda dedicação no evento e agora pelas belas imagens!
Henrique, isso tem muito haver com vc! Obrigado também!
Bons voos galera!

Octavio Fiães disse...

Que bom ver o pessoal voando muito e se divertindo. Parabéns pelo belo campeonato!
Abração,
Octavio